Obra protegida por direitos autorais

Creative Commons License
Histórias de Terror by Paulo Enrique Garcia is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

O site Contos e Histórias de Terror, proíbe qualquer republicação de todas obras contidas aqui com direitos a Paulo Enrique Garcia. Sejam elas em sites, blogs e youtube. Todos infratores serão penalizados de acordo com as leis de direitos autorais brasileiras.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

10:20
32

Alguns anos atrás quando eu tinha 18 anos, me mudei para salvador com a minha família, pois meu pai havia sido transferido pela empresa onde trabalhava. Alguns dias depois voltando do colégio eu vi um cartaz na porta da igreja dizendo que precisavam de zelador e decidi me candidatar à vaga. Depois de conversar com o padre ele decidiu me dar uma chance e eu comecei no mesmo dia, meu turno seria das três da tarde até as nove da noite, a igreja fechava as sete então eu tinha duas horas para limpar o chão e os assentos.

No meu segundo dia coisas estranhas começaram a acontecer e eu fiquei muito assustado. Eram umas oito da noite e o padre havia ido jantar na casa de um amigo, eu fiquei sozinho na igreja terminando a limpeza. Eu fui até o armazém da igreja buscar alguns produtos e quando voltei para minha surpresa havia uma mulher vestida de luto ajoelhada em um dos assentos e estava chorando. A principio eu pensei que tinha deixado a porta aberta então fui me aproximando para falar com ela.

“Desculpe senhora mas a igreja já esta fechada, a senhora pode voltar amanhã as sete da manhã que ela já vai estar aberta.” – disse eu à mulher que continuou com a cabeça baixa e chorando.

Vendo o estado da mulher eu a deixei ficar por ali e quando eu fosse embora eu pediria que ela saísse comigo. Continuei limpando e acabei esquecendo a mulher até que escutei passos na igreja, quando eu olhei para a direção de onde vinha eu não vi nada e a mulher já não estava lá. Eu corri para a parte de atrás da igreja, onde tinha escutado os passos, por que pensei que ela tinha ido pra lá. Quando eu cheguei não tinha ninguém, então voltei ao saguão de missas chequei todas as portas da igreja e todas estavam trancadas.

“Onde esta meu filho?” – escutei uma voz vinda do altar.

Eu olhei e não tinha ninguém, só vi um vulto andando e desaparecendo. Com medo, eu saí correndo da igreja e acabei topando com o padre na porta. Ele estava muito abatido, perguntei o que era, ele me falou que sua mãe tinha falecido momentos atrás e ele veio se preparar para viajar para cidade onde ela morava. Ele entrou na igreja e eu fui atrás para ajudá-lo. A mulher estava outra vez ajoelhada no banco, quando passamos por ela o padre a ignorou totalmente e ela me olhou tirando o véu negro que cobria seu rosto. O terror tomou conta de mim, a mulher estava pálida e chorava muito. Eu decidi não dizer nada para o padre com medo que ele pensasse que eu estava fazendo uma brincadeira de mau gosto. Eu fiquei apavorado, queria sair da igreja mas não queria deixar o padre sozinho. Ele começou a fazer a mala e tirou uma foto da cômoda e me mostrou, meu sangue gelou novamente, a mulher na foto era a mesma que chorava na igreja.

“Esta era a minha mãe, eu tirei a foto quando me transferiram para esta cidade, ela sempre pedia para que eu fosse visitá-la, mas como eu sempre estava ocupado aqui nunca fui. Agora ela faleceu e eu nunca mais vou vê-la.” Disse o padre com a voz tremula.

O padre foi para o enterro da mãe, por dois dias trabalhei somente de dia enquanto a igreja estava aberta, e quando o padre finalmente regressou, eu pedi demissão. Igreja agora eu só vou aos domingos, mas ainda morro de medo, vai ver que a mãe do padre ainda o está vigiando do além.

32 comments:

gaa_tc disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gaa_tc disse...

bom, eu tambem ficaria com medo depois disso hehe.

:)

eduardo disse...

Eu iria me cagar de medo

Elecktra disse...

eu nao ficaria com medo pq ter medo de igreja

rafaela disse...

eu ja tou acostumada a ver fantasma rafaela 100 noçao

Jéssica disse...

Adorei muito legal

suh disse...

legalzinhoo..hehe

JOCIANY disse...

poxa me caguei de medo derepente não vou mais a igreja

CHUCK disse...

EU GOSTEI MUITO MANEIRA

marianna massi disse...

nao teria medo pois na igreja é a casa de Deus e ele nao deixaria nada acontecer comigo

Nathy de Jesus disse...

jociany, isso que vc ta sentindo é o demômio que não quer que vc va a igreja, lá é a casa de Deus e nunca aconteceria isso, então, fica tranquila que nada vai acontecer com vc.

rrry disse...

que bobabgem medo da igreja porque e uma coisa de deus

stephany disse...

Depois dessa eu fiquei comedo contei para o meu irmao e ele morreu de medo ele tem 7 anos e minha mae brigou e eu o chamei de medroso.

FOFA disse...

eu possso ti disser umas historias que aconteceram com a minha vo sao de arepiar os cabelos e sao verdadeiras e eu tb sei umas lendas urbanas super legal e assustadoras mana o convite imail msn sandynha_r@hotmail.com bjs...

Hitmo da Sua Noite disse...

No que você acredita?
Sejam Bem vindos ao mundo bucólico e fantasmagórico das lendas da cidade de Aratuba onde nada é o que parece ser...
Começamos trazendo pra você o causo de uma das lendas que é conhecida por moradores antigos que não esquecem tão facilmente o medo que sentiram ao darem carona a um desconhecido que não mostra o rosto... Você daria carona?
O HOMEM QUE PEDE CARONA

...Senti um peso na garupa... Olhei e não era nada... Ouvi uma voz falando: “Obrigado, fico aqui”... E o peso sumiu...
Diz a lenda...
Ao se aproximarem das entradas da Cidade de Aratuba, não é difícil se encontrar casas abandonadas e túmulos próximos ao meio fio. Mortes que se deram por acidentes e locais que transparecem um ar sombrio. Nestes lugares é que se dá o aparecimento do homem que pede carona, sempre parado no ponto onde possa pedir ajuda vestido com casaco de capuz cobrindo o rosto, calças sujas e de sapatos.
Não são poucos os que dão auxílio a pessoas que sentem receio a dar carona por medo de violência ou por simples medo.
Um dos habitantes da cidade, conta a seguinte história: “ Já no fim da tarde, eu vinha subindo do roçado no meu cavalo lá do Sítio Manoel Pinto pra casa, quando vi de longe um senhor debaixo de uma mangueira ou era uma jaqueira, não me lembro bem. Quando me aproximei ele atravessou a estrada e me eu cumprimentei:” Tarde”, ele fez que sim com a cabeça, mas não olhou pra mim. Ele falou baixinho: ”Me dá um carona?”, eu disse: “ Posso sim. Pra onde o senhor vai? “, ele respondeu: “logo ali depois da fazenda”. Ele subiu continuamos a viagem e aproveitando pra conversar durante o caminho.
Perto da fazenda, virei pra avisar que já estávamos perto do destino do senhor. Neste momento o meu sangue parou, os meus olhos se arregalaram e minha voz sumiu. O Homem que conversou comigo a viagem toda desapareceu. Atrás de mim estava apenas a garupa vazia e uma estrada deserta. Voltei pra frente e continuei meu caminho, quando senti a garupa pesada e meu cavalo ficou paralisado. Tentei me virar, mas meus braços ficaram duros. Tentei falar e não consegui. Neste momento uma voz baixa, quase um sussurro no meu ouvido diz: “Obrigado, eu fico aqui”. Depois silêncio.
Daquele dia em diante não viajei mais sozinho. Hoje estou aposentado e não preciso viajar. Se for preciso viajar, apenas acompanhado de alguém e do meu terço.
Um caso mais recente que é de conhecimento de alguns moto-táxis é que aqueles que sobem a Serra avistam um homem, tragado do mesmo jeito, só que sentado no meio fio. Se ainda tiver luz do sol eles dão até carona mais sempre olham o retrovisor. Se for noite, é preferível não dá. Alguns param e perguntam se está tudo bem, mas carona eles não dão. Existe uma casa depois do posto de gasolina onde motoqueiros e motoristas juram ter visto tal figura. Corredores e praticantes de caminhadas preferem acelerar o passo nesse lugar, se estiver anoitecendo.
Se você for motoqueiro faça o teste: Quando estiver próximo do centro da cidade, olhe se os apoios dos pés do carona estão levantados, deixe assim e passe devagar por lá. Você sentirá o vento e um peso quase imperceptível atrás da moto, não olhe pra trás. Ao chegar perto da fazenda olhe os apoios. Continuam levantados?
Se eu fosse relatar todos os depoimentos aqui, talvez você não viajasse mais sozinho pros sítios ou pras cidades vizinhas.
Os mais antigos moradores da cidade ainda vivos, contam que o homem que pede carona é a própria morte testando você, outros dizem que é uma alma que busca auxílio e que recompensará que o ajudar. Fica a dúvida no ar... Você daria carona a este homem trajado de casaco com capuz, calças sujas e sapatos?
Até a próxima... se estiverem vivos!!!

> disse...

nosssa da muito medo da igreja a sombrada

lalazinha disse...

nosssa q medoooo nem vou mais dormi so pensando nisso

lalazinha disse...

nosssa q medooooo nem quero mais pença nesso

Giulia disse...

Meeu deus , Fiquei com muito medo , Mais vou continuar a ir na igreja por que eu sei que deus esta comigo la !


:)²

Bia,Lauryn Carvalho disse...

Eu gostei da lenda eu usei pra tirar boa nota na escola com ela

antonio robert disse...

sao historias legais mais a algumas que estao mais pra suspense do que pra terror mais todas sao legais








antonio robert disse...

muito legal

A COPA 2010 É NOSSA!! disse...

massa demais! Adoro esse tipo de história! Mas, esse tipo de assunto não é motivo pra deixar de ir a Igreja, viu?!

Anônimo disse...

Larga do bob

Anônimo disse...

Nossa que de mais, essa da igreja me deixou com muito medo, na moral foi uma das melhores histórias de terror que já li

Anônimo disse...

Q maximo hj e domingo e eu estou na igreja agora

Anônimo disse...

Horripilante

Patricia Oliveira De Paula disse...

Voce nao acredita em DEUS né.Eu acredito...

Elaine Mendanha disse...

a igreja não tinha nada de assombração.a mãe só veio ver o filho antes de ir embora de vez.não vejo nada de mais nisso.só amor de mãe.

hulk disse...

Exato,como o espírito é imortal ele foi na igreja na intenção de ver o padre,haja visto que era seu filho quando encarnada,esse tipo de coisa existe na realidade.

Silvana Dias disse...

legalllllllll!!!!!!.


que da ora adorei

Anônimo disse...

Legal 👍 me caguei de medo li umas 2 vezes para entender Kkk mais eu ameiii

Busca Google

 
=============Analytics=========== =============Analytics-End===========