Obra protegida por direitos autorais

Creative Commons License
Histórias de Terror by Paulo Enrique Garcia is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

O site Contos e Histórias de Terror, proíbe qualquer republicação de todas obras contidas aqui com direitos a Paulo Enrique Garcia. Sejam elas em sites, blogs e youtube. Todos infratores serão penalizados de acordo com as leis de direitos autorais brasileiras.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

12:16
34
Lendas Urbanas - Não Acenda a Luz
Baseado em uma lenda urbana americana.

Joyce e Sandra estudavam no quarto situado no campus da universidade aonde vinham morando por dois anos. A prova que encerraria o semestre seria no dia seguinte. Joyce era a mais estudiosa das duas sempre tirava notas boas e dedicava-se aos estudos a maior parte do seu tempo. Já Sandra era meio louca, era conhecida no campus por suas extravagâncias com a bebida e as drogas. Mesmo assim ela era inteligente e mantinha-se no curso com notas boas.

“Vamos à festa hoje Joyce?” – perguntou Sandra.

“Não, vou estudar até tarde e depois vou logo para a cama. Amanhã eu quero tirar dez na prova, por que se eu conseguir, talvez ganhe bolsa escolar integral.”

“Você e a sua mania de estudar de mais, sai do quarto, aproveita um pouco sua juventude por que você se der conta vai ser tarde de mais. Por exemplo, por dois semestres eu não te vejo com um garoto, nem um encontro se quer e...”

“Eu prefiro me dedicar aos estudos, namoro depois.” – respondeu Joyce interrompendo a amiga.

As duas continuaram os estudos até que a hora da festa chegou. Sandra se arrumou e se despediu de Joyce.

“Tem certeza que não quer ir?”

“Tenho, já pedi uma pizza vou estudar um pouco mais, comer e ir dormir para estar bem preparada para a prova. Te desejo sorte amanhã no teste se eu não te ver até lá.”

Quando ela terminou de falar, alguém bateu na porta.

“Deve ser minha pizza, pede para o entregador entrar.” – disse Joyce olhando a amiga saindo e o entregador entrar.

Sandra foi para festa e como sempre se esbaldou. Decidiu ir dormir no quarto do namorado insistente, mas disse que teria que ir até seu quarto buscar alguns livros e algo para vestir no dia seguinte. Os dois foram andando pelos corredores escuros do alojamento até chegarem ao quarto.

“Odeio essa escuridão dos corredores, eu penso se algum dia eles vão trocar as lâmpadas queimadas. Fica aqui de fora e eu vou ser bem silenciosa porque eu não quero acordar a Joyce.” – disse Sandra ao namorado.<

Ela entrou, foi até o banheiro e pegou sua escova de dente e desodorante. Voltou ao quarto e pode achar suas roupas e alguns livros que precisava, porém não encontrava o livro mais importante e seria quase impossível encontrá-lo com o quarto tão escuro, iluminado somente pela luz da lua que passava pelas frestas da veneziana. Sandra pensou e pensou, mas não se lembrava onde tinha colocado o livro, voltou até a porta do quarto e foi levando sua mão até o disjuntor da luz. Por um impulso momentâneo sua mão parou.

“Deixa o livro pra lá, provavelmente nem vou ter tempo de estudar antes do teste.” – disse sussurrando enquanto saia do quarto na ponta dos pés.

No dia seguinte Sandra olhava nervosa para o relógio, Joyce não estava lá e o teste iria começar em alguns minutos. Ela estava preocupada, pois sabia que o teste era muito importante para a amiga e ela era muito responsável para perdê-lo. “O que teria acontecido com ela?” perguntava-se nervosa.

Joyce nunca pareceu e Sandra mal pode fazer seu teste por estar preocupada com ela. Entregou seu teste correndo ao professor e foi até seu quarto. Quando abriu a porta não pode acreditar, Joyce ainda dormia. Ela entrou no quarto rápido e deixou a porta bater atrás de si.

“Joyce você esta louca? Você perdeu o semestre todo.” – Gritou Sandra cutucando a amiga que dormia de bruços. “Joyce?”

Cutucou a amiga duas vezes, porém não obteve resposta e decidiu vira-la de barriga para cima. O terror tomou conta dela e seu grito ecoou por todo prédio do alojamento. Joyce tinha um buraco fundo na barriga e suas tripas estavam para fora.

Sandra virou-se para a porta para ir pedir ajuda. Seu grito de terror novamente ecoou pelo campus. Na porta de seu quarto estava escrito com o sangue de Joyce: “Feliz por que você não acendeu a luz?”


Se você gostou desta Lenda Urbana talvez goste de:
A Carona – História de Terror
Dormindo Sozinha – Lenda Urbana

34 comments:

Marcia Cristina disse...

Essa História é do SuperNatural

Paulo Garcia disse...

Não, a história não é do supernatural. Na verdade a história é uma Lenda Urbana dos Estados Unidos a qual os escritores do supernatural basearam sua história, assim como eu. Por isso o título diz LENDA URBANA o que significa que a história não pertence a ninguém, se fosse uma história criada por mim o título diria “História de Terror”.

kezia disse...

hummmm,adorei esta história mais achei nogento quando dise que estava com atripa pra fora rsrs.Kézinhah

karineramos77 disse...

historia irada!

Ckarina disse...

nossa me deu muito medo

'- Gaabi disse...

acheii maneiraa (y)

Thifanyzinha disse...

nossa ameei essa historia da um poukinho de medo mas e mt legal '-'

Cristiane disse...

nossa ela da mendo pois so fala oque assusta no final. mas ela não é muito legal pois não faz muito centido porque não fala oque fez isso se foi fantasma,ispirito do mau niguem tm certeza do que é.
é isso galera essa é minha opinião ok

Luana disse...

nosa é um pouco nogento mas é legal é meio esquisito pois queria saber oque foi que matou ela quero saber ao serto sera q foi oque? mesmo assim ela é legal

Calado disse...

Postei esse texto no meu blog e coloquei o link para o seu =D
Espero que não tenha problema.

Até^^

lethicia.mazo disse...

Haha simplismente adoorei.. Todas são ótimas. Vale a pena ler.. Se vcs gostaram dessa, veja a Sozinha Em Casa.. é meio parecida com essa mt legas.. Gente me add no msn ok é: mazoleticia@hotmail.com ou leehmazo@hotmail.com... Tente os dois.

Valew pessoal =D.. Não esquece de add em. !!

Lucas Soares disse...

nass gente vc's ficaram com medo?????????????????????? que isso
'--

fe disse...

Gente no filme lendas urbanas 2 eu acho que é esse filme só que a cena tauito mudada e em vez de ser na porta é na parede!

CandyGirl disse...

A história é boa.. mas não dá medo rs

layane disse...

DEU UM MEDO QUNDO EU LÊ A FRASE 'FELIZ POR NÃO ACENDER A LUZ?' NUSS DEU MEDO


BY LAYANE

evelynrose disse...

deu medo.Mas achei a historia injusta.a alcilotra drogada devia morre.a outra tinha uma vida pela rente.

marco antonio disse...

muito louco medo eu não tenho eu gostaria de uma historia muito assustadora pra me dar medo e ai topa o desafio ?

ivy disse...

Acredito que a o entregador matou a menina, aconteceu o seguinte (pelo meu ponto de vista) o entregador entrou, algo aconteceu, talvez ele quisesse estrupa-la , mas ela fez algo, ela deve ter o agredido, talvez chutados os testículos dele, ele ficou furioso pegou uma faca, e quando ia dar o golpe, a Sandra chegou, a Joyce não gritou por que estava com a boca tampada com um esparadrapo, ele fez muito silencio, sabia que ela podia ligar a luz, mas viu que ela foi pro banheiro, preferiu não ataca-la, quando ela pôs a mão no interruptor ele teve muito medo, as quando ouviu o que ela sussurrou deve ter ficado tranquilo, então quado ela saiu, ele estava mais calmo, estão amarrou as mãos dela com mais esparadrapo, e abusou dela,mas ai ele pensou em como seria se descobrissem que ele estuprou ela, a vida dele acabaria, ele perderia a o emprego, então ele assassinou ela da maneira mais macabra, pra parecer que ela sobrenatural e sujou as mãos com sangue e escreveu na porta, depois lavou as mãos e foi embora, como se nada tivesse acontecido, se esse fosse um fato real seria assassinato.

Blogueira Blogástica disse...

E u não entendi muito bem o final,mas no MEU PONTO DE VISTA o final foi assim:

O entregador deveria estar tapando a boca dela ou colocado um pano ou esparadrapo (ou mesmo ela poderia estar dopada).O entregador poderia ter ido embora mas não foi pq vendo que Sandra não acendeu a luz,ela não veria o que estava acontecendo e ele poderia prosseguir com o assasinato.

jolie disse...

isso não parece terror,e sim um fato!!!!!

ARIANE SUAN disse...

nossa o final é muito maneiro !!
gostei da história.

raul disse...

quase chorei com essa historia quem a fez nao foi uma pessoa normal foi um genio...

dayanna liima disse...

muito terro...

Jackie disse...

Olha...eu vou comentar pois tem muita gente reclamando que não sabe quem foi o assassino, eu acho que quem matou ela foi o entregador de pizza, sei lá, só acho. u.u

Anônimo disse...

To com tanto medo que nem vou fazer faculdade

Caique Porto disse...

Como poderia ser o entregador? Na historia fala q qnd a amg sai o entregador entra e dpois da farra que ela volta pro quarto.

Anônimo disse...

nao entendi alguem pode me expicar

Anônimo disse...

Muito louco

Ana Cardoso disse...

Credo quem criou esta lenda urbana?

Ana Cardoso disse...

Vdd

Anônimo disse...

deu um pouco de medo mas podia de dado mais se colocasse mais sangue kkkkkk

Anônimo disse...

NOSA TO COM TANTO MEDO QUE NUNCA MAIS VOU ACENDER UMA LUZ SEQUER

Allan Regis disse...

O famoso Homem Gancho!

Anônimo disse...

Eu fiquei com muito medo e quem já leu a babá e o palhaço?
Gente do céu...eu quase morri do coração!😲😳

Busca Google

 
=============Analytics=========== =============Analytics-End===========