Obra protegida por direitos autorais

Creative Commons License
Histórias de Terror by Paulo Enrique Garcia is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

O site Contos e Histórias de Terror, proíbe qualquer republicação de todas obras contidas aqui com direitos a Paulo Enrique Garcia. Sejam elas em sites, blogs e youtube. Todos infratores serão penalizados de acordo com as leis de direitos autorais brasileiras.

terça-feira, 5 de abril de 2011

12:31
18
Lendas Urbanas - A Árvore Das Almas

Lendas Urbanas


Arvore Assombrada

Essa é uma Lenda Urbana muito antiga, perdida no tempo que uma senhora me contou quando eu era pequeno, espero que gostem.

Por volta de 1845 em uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, havia essa Lenda Urbana sobre a árvore das almas. Tal árvore ficava em um bosque atrás da cidade, ela era enorme e oca. Tinha uma passagem imensa onde as pessoas podiam entrar dentro.

Nessa época acreditava-se que a árvore era abrigo para centenas de almas de mulheres as quais a origem é desconhecida. Acreditava-se também que elas eram as guardiãs da cidade, mantinham os maus espíritos longe e ajudavam a cidade a prosperar. Uma vez por ano, na sexta-feira santa a meia noite, elas saiam da árvore para uma procissão pela cidade. Caminhavam por todas as ruas da cidade, cada uma com sua vela na mão dando sua benção. Os moradores por sua vez, em respeito às mulheres deveriam ficar dentro de casa, com as janelas e cortinas fechadas até que a procissão terminasse.

Em uma dessas procissões, uma garota da cidade resolveu olhar pela janela. Ela ficou maravilhada, centenas de mulheres vestidas de branco, com uma vela grande na mão, recitando algo que não se podia ouvir. Ela notou que as mulheres não eram seres comuns, pois seus corpos eram meio transparentes e luminosos.

Maravilhada com o que vira, ela abriu sua janela, saltou e foi seguindo as mulheres. Quando a procissão terminou as mulheres voltaram para o bosque. A garota hesitou um pouco em segui-las, mas pensou, se já foi tão longe era melhor ir até a árvore.

De longe e atrás de alguns arbustos ela avistou a árvore e as mulheres foram entrando dentro e desaparecendo. A última mulher da fila parou antes de entrar, virou-se para a garota e olhou-a nos olhos e começou a andar em sua direção. A garota por alguma razão não sentiu medo e esperou o fantasma se aproximar. A mulher lhe estendeu a vela.

“Um presente por sua coragem.” – disse a fantasma sorrindo.

“Obrigado.” – respondeu a garota sem reação.

A mulher voltou para a árvore, antes de entrar olhou a garota novamente e desapareceu. Quando a garota olhou de novo para a vela, esta tinha se transformado em um fêmur. Assustada ela correu para casa e contou a seus pais o que havia ocorrido.

Os pais muito preocupados a mandaram de volta ao bosque e disseram que ela deveria enterrar o fêmur de baixo da árvore, pois eles não queriam um osso humano em casa. A menina foi vista pela última vez entrando no bosque. Suas pegadas podiam ser vistas até a árvore, mas ali ela não estava.

Diz a lenda que a garota pode ser vista durante a procissão, ela vai levando sua vela, no último lugar da fila das mulheres fantasmas.

Se você gostou desta história, talvez goste de:
Acidente na Estrada
A Missa Das Sombras - Anatole France

18 comments:

alessandra disse...

quando vc postara a 4 parete de new bedford

Val disse...

Eu gostei de vários contos, gostaria de trabalhar com meu alunos, logicamente respeitando do direitos autorais, mas não dá p copiar...af! Vou me conformar só em ler...rs!

Paulo Garcia disse...

Pode me mandar um email requerindo os contos que vc quer, terei o maior prazer em te manda-los.

mande o email para: contosehistoriasdeterror@gmail.com

fabiola disse...

po eu gostei muito mais eu nao acredito em lendas urbanas mas foi muito bom. beijos passoas.

jaque disse...

Gostei muito de verdade, mais fiquei com medo.

MIGUXINHA disse...

Muuuitooo legalll!!!!

Markus Javarini disse...

Essa história tem um filme, que não é muito igual a essa lenda. A história conta sobre uma índia que morava na floresta com sua tribo, ela e o filho do pagé se apaixonaram, mas num confronto a noite o índio foi morto pelos colonizadores que incendiaram a floresta., ele mandou ela se esconder dentro da árvore. A arvore a protegeu, mas ela nunca mais saiu de lá.

angela disse...

histo foi uma grande historia, e varios contos trazem novas ideias.

Bianca disse...

muito legal...não acredito nessas coisas, mas e interessante ler ou ouvir. isso mexe muito com a imaginação.

thiago-bahia1 disse...

muito real

jeniffer a menina disse...

amei todas as lendas confesso quado eu li essas lendas eu tava sozinha e fiquei com um pouco de medo!

jeniffer a menina disse...

gostei muito das lendas mas confesso q fiquei com um pouco de medo
bjss

Jean_18 disse...

essa lenda é muito boa, ainda não conhecia, muito bem contada.
é só no boca a boca ou tem algum registro que essa garota existiu?

lisandra amorim disse...

Meus parabéns pelos contos, muito criativo e bem postado. Adoro lendas urbanas, principalmente quando é regional e como esse eu ainda não tinha ouvido em nenhum outro lugar.

Perdidas em pensamentos disse...

Sinceramente... Achei linda essa história, não fiquei com medo isso admito, mas emocionante.

giovana disse...

foi muito legal nunca vi uma istoria tão legal

acarolinadacruz@gmail.com disse...

Legal

wendt yu disse...

Se eu não me engano, tem um filme de terror sobre a árvore, o que é totalmente diferente da lenda.

 
=============Analytics=========== =============Analytics-End===========