Obra protegida por direitos autorais

Creative Commons License
Histórias de Terror by Paulo Enrique Garcia is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

O site Contos e Histórias de Terror, proíbe qualquer republicação de todas obras contidas aqui com direitos a Paulo Enrique Garcia. Sejam elas em sites, blogs e youtube. Todos infratores serão penalizados de acordo com as leis de direitos autorais brasileiras.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

11:03
11
Contos de Terror
Este é um pequeno conto de um acontecimento REAL que aconteceu com uma amiga.

Juliana estava andando no centro da cidade com sua filha Marina de seis anos. Uma mulher se aproximou das duas e disse:

“Essa menina tem um dom muito especial. Ela pode ver e se comunicar com espíritos. Você vai ter que ajudar ela a desenvolver esse dom.” – disse apontando para Juliana.

As duas saíram correndo com medo daquela mulher estranha. Juliana nunca havia acreditado em espíritos então não deu muita importância e acabou esquecendo-se daquele episódio tenebroso.

Muito tempo havia passado desde aquele dia. Juliana acordou assustada escutando os passos rápidos no carpete do corredor. Ela sabia que era Marina. Ela olhou para o relógio, eram oito e meia da manhã. Marina entrou no quarto correndo e olhando para trás.

“O que foi filha?” – perguntou Juliana, observando a filha que parecia assustada.

“Mamãe, tem um homem dentro do meu guarda-roupas.” – respondeu a menina com aquela voz doce que somente as crianças tem.

“Filha, não tem ninguém lá. Monstros de armário não existem.”

“Não é monstro mamãe, é um homem feio. Ele parece ser mau, mas só ficou me olhando com a cara feia.”

Juliana pulou da cama.

“Onde está seu pai?”

“Papai foi comprar pão.”

Juliana foi até o quarto com Marina. A porta do guarda-roupas estava fechada. Ela abriu a porta e respirou aliviada vendo somente roupas e sapatos. Ela olha para Marina que parece aterrorizada.

“Eu te falei mamãe, olha o homem feio ai.” – gritou Marina correndo para fora do quarto.

11 comments:

Eduarda Rodrigues disse...

só isso? deu nem pra imaginar...

Anônimo disse...

Interessante.

Anônimo disse...

A fala mais

Anônimo disse...

Muito. Bom

Anônimo disse...

A historia tava boa, mas precisa de uma continuaçao.

Anônimo disse...

Inventa um final macabro pra essa história

Anônimo disse...

Eu queria que tivesse mais
mais a historia estava muito boa

noelly escobar disse...

cade o final ja tava comecando a imaginar pow

natalia alves disse...

Gostei só faltou o final da história .. quando eu comecei a imaginar a história acaba .:-(

Anônimo disse...

Eu ja passei por isso quando era criança,e é aterrorizante ver uma pessoa e nimguem mais ver.Isso é real com toda certeza!

Anônimo disse...

Eu já passei por isso,e é real sim,e aterrorizante só a gente ver uma pessoa que outra nao vê.
Só de imaginar da medo.via quando era criança e ainda vejo,são coisas que algumas pessoas nao acreditam.mas só quem passa por isso sabe,agora nao da mais tanto medo,pois ja estou acostumando a ver.

Busca Google

 
=============Analytics=========== =============Analytics-End===========